© 2019 Todos os direitos reservados AM3 Marketing                                                                              

 Feito com ♥♥♥ para você!

6 dicas para gerir as redes sociais do seu negócio!

October 23, 2018

 

A internet modificou intensamente não só os relacionamentos interpessoais, como também a maneira como as empresas interagem com seus públicos de interesse. Hoje em dia, as pessoas utilizam a web não só para buscar informações como também para se socializar.

 

Neste contexto, as organizações perceberam que também não podem usar só a internet para disponibilizar informação ou serem encontradas, por exemplo, mas que precisam trabalhar a ferramenta de redes sociais para também “socializar” suas marcas, dando-lhes identidade neste espaço, promovendo envolvimento dos clientes com suas causas e conceitos e alavancando estratégias de marketing.

 

E para te ajudar a entender como é possível usar as redes sociais para engajar clientes, revertendo este trabalho em resultados positivos para sua empresa, trouxemos algumas dicas no post de hoje! Descubra a seguir como é possível criar maior engajamento com os seguintes passos:

 

1) Conheça seu público para planejar sua estratégia nas redes sociais

 

Defina seu público-alvo, estude suas características, comportamentos e preferências e, em seguida, determina a forma como irá se posicionar para atingi-lo adequadamente. Segmentando seu público (que nem sempre é homogêneo), separando-o por faixa etária, por gostos, hábitos, hobbies, é possível saber qual a rede social que melhor funcionaria para cada tipo de pessoa, podendo diversificar sua estratégia de modo a ter perfis não só no Facebook, por exemplo, como também no Twitter, LinkedIn, Instagram, ou até mesmo um canal educativo ou informativo no YouTube, para agregar o máximo de valor e relevância possível a seus consumidores e potenciais clientes.

 

2) Diversifique os canais, mas integre-os

 

Sempre que possível, é necessário fazer com que as diferentes redes sociais em que sua empresa atua possam “conversar entre si”, de forma a não estarem isoladas, mas sim fazerem parte da mesma estratégia. Por exemplo, divulgue no Facebook que também há um canal no YouTube para quem quiser ter mais informação sobre seus produtos, ou pedindo após assistirem um vídeo que curtam ou compartilhem nas demais redes sociais.

 

É importante, no entanto, que em todas as redes sociais sua empresa mantenha a mesma voz, a mesma identidade, a mesma essência. Ou seja, os princípios que ela irá defender em todo o posicionamento que fizer nas redes sociais devem sempre condizer com os valores que prega em sua filosofia, em suas diretrizes. Isto ajuda a dar credibilidade e fazer com que os clientes reconheçam e se identifiquem por qualquer meio pelo qual interajam com ela. Em seguida, integrar os canais é essencial para que sua marca se fixe na mente dos clientes e crie a noção de estar sempre mais próxima deles.

 

3) Disponibilize conteúdo relevante e instigue a participação

 

Outra dica indispensável para criar engajamento nas redes sociais é não deixar de disponibilizar conteúdos que realmente sejam relevantes para os clientes: matérias que eles queiram ler, posts que abordem temas de interesse, textos e vídeos que agreguem conhecimento e valor, conteúdos interativos que permitam que os clientes também participem em tempo real, deixem opiniões em debates, enquetes, colocando também um call to action ao fim de cada postagem, para instigar alguma ação de seus seguidores, afinal, eles querem interagir com sua marca e não só ouvir falar dela.

 

Até mesmo porque, na internet e nas redes sociais, onde há muita possibilidade de distração, o único jeito de manter seu o público atento ao que você disponibiliza é engajando-o, fazendo-o não só passar pelo seu conteúdo, como também participar dele.

 

4) Monitore e mensure resultados sempre

 

Monitore os posts, taxas de visualizações, horários em que são mais acessados e, se necessário, mude a os temas e os horários em que posta a fim de alcançar mais leitores. Também é importante ter determinada periodicidade nas postagens para garantir que o público consiga acompanhar, se interesse e espere por novos posts, mas ao mesmo tempo não fique um longo período sem novo conteúdo.

 

5) Inclua seu público interno em sua estratégia

 

O público interno é propagador de informação e conteúdo, devendo fazer parte de sua estratégia nas redes sociais. Clientes que veem seus colaboradores engajados, participando e estando ao lado da organização terão, com certeza, melhor percepção dela.

 

Este ganho de imagem é importantíssimo em todos os níveis: colaboradores também se engajam e rendem mais, clientes sentem credibilidade para comprar mais, gestores têm visão mais ampla do que acontece, de como todos interagem e o que cada um “pensa” da empresa e da marca.

 

Isso leva, inclusive, à obtenção de indicadores importantes sobre onde e como deve agir em todos os níveis da empresa para melhorar seu processo de negócios, sua gestão, seus produtos, sua comunicação e enfim, tudo o que a companhia precisa para atrair pessoas e construir reputação sólida para se manter altamente competitiva no mercado.

 

6) Trabalhe com Social Branding

 

Por fim, vale destacar esta dica: socializar sua marca por meio de causas sociais que ela defenda, assuntos da atualidade sobre os quais tenha uma posição a assumir, ajuda a oferecer, objetivos e melhorias para lutar a favor. Além de que, é uma forma eficaz de agregar maior valor à marca e ajudar uma ideia de sua empresa a viralizar na internet, permitindo que as pessoas se identifiquem com os projetos apoiados e se engajam com ela.

 

E então, qual estratégia você está usando nas redes sociais? Ainda tem alguma dúvida? Venha participar da conversa através dos comentários!

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Funil de Marketing Digital

December 7, 2017

1/3
Please reload

Posts Recentes